10 qualidades de designers gráficos de sucesso

Pela primeira vez em décadas, os campos criativos estão finalmente recebendo a atenção que merecem. Já se foi a era dominada por setores que exigiam principalmente lógica e arte evitada. Hoje, os computadores podem fazer quase todo tipo de processo lógico. Os processos criativos, no entanto, são uma história diferente.

coisas legais para colocar na sua biografia

Isso explica o aumento repentino do número de designers gráficos, todos tentando se firmar no mercado. Cada um deles tem diferentes áreas de especialização. Tudo depende do tipo de saída que você deseja produzir. Você pode decidir sobre o tipo de trabalho de designer gráfico você quer tomar. Você pode se concentrar no design de logotipos e sites ou se tornar um designer de multimídia. Você acha que tem acuidade para fazer logotipos ou é do tipo que se daria muito bem em web design?

Independentemente de que tipo de designer gráfico você queira ser, pura criatividade não resolve. Existem algumas características que você precisa ter para ter certeza de que será eficaz na função.



Índice

1. Boas habilidades de comunicação

Claro, é trabalho do designer enviar a mensagem do cliente para o público. Isso o designer faz, por meio de suas obras de arte. No entanto, essa não é a única forma de comunicação que o trabalho exige.

Os designers precisam se comunicar com clientes em potencial. É seu trabalho como designer definir os parâmetros sobre o que você pode e não pode fazer. Também é sua função negociar com os clientes, bem como fechar negócios e dar-lhes atualizações sobre o projeto.

Sem habilidades de comunicação adequadas, existe um grande risco de confusão e falha de comunicação. Isso pode colocar em risco não apenas o seu trabalho, mas também a sua credibilidade como designer. É por isso que, idealmente, os designers não ficam atrás da mesa o dia todo. Eles têm que sair e aprender a falar com as pessoas e construir relacionamentos fortes com elas.

2. Curiosidade

Cada pessoa criativa tem uma pitada de curiosidade em algum lugar. Afinal, criatividade significa experimentar coisas que outros nunca experimentaram antes, e isso tem a curiosidade em seu centro.

A curiosidade é o que faz um designer se interessar por diferentes estilos e abordagens. É o que os faz dar um salto e tentar fazer o que nenhum outro designer fez. Perca a curiosidade e você vai acabar com alguém cujos designs imitam os de todos os outros.

3. Paixão

Não, não se trata apenas da possibilidade de muito dinheiro. Lembre-se que a vida de um designer não garante sucesso o tempo todo, por mais talentoso que você seja. A enorme demanda por designers gráficos também não significa que você terá sucesso instantâneo. E quando você está deprimido e não tem mais nada, é a sua paixão que o alimentará de volta à ação.

Paixão é saber que haveria alguns obstáculos no caminho, mas você ainda estaria disposto a passar por isso de qualquer maneira. Ele está ouvindo algumas críticas aqui e ali, mas vendo tudo como uma oportunidade de melhoria. Está passando dias sem dormir e noites cansativas, mas não se importando porque você sabe que no final de tudo isso, algo grande o espera.

4. Mente aberta

Cada designer gráfico tem suas próprias preferências, crenças e percepções quando se trata de design. No entanto, você não pode ficar com isso o tempo todo. Quando você limita sua abordagem de design ao que deseja e sabe atualmente, também limita suas oportunidades de ganho e aprendizagem. Você sempre encontrará clientes que desejam experimentar algo diferente. Tendências e padrões também mudarão, deixando seu próprio estilo possivelmente desatualizado em um futuro próximo.

Se você não tiver uma mente aberta, insistirá em sua própria abordagem. Isso pode muito bem sinalizar o fim de sua carreira.

5. Capacidade de receber bem as críticas

Em qualquer campo, você receberá alguns comentários negativos aqui e ali. Deixe seu ego comandar sua mente e você provavelmente enlouquecerá tentando ir contra todas as críticas que ouvir. Eventualmente, você perderia a oportunidade de aprender algo com a situação.

Quando você aprende a aceitar críticas de maneira construtiva, também abre oportunidades de aprendizado e crescimento. Pense nos comentários negativos. Eles têm alguma base? O que os fez dizer isso? Esta é a oportunidade perfeita para você revisar seu trabalho e encontrar áreas para melhorias.

6. Boas habilidades de resolução de problemas

Você sempre encontrará alguns obstáculos em seu projeto. Isso é especialmente comum quando você está trabalhando com clientes que desejam fazer muito. Como você pode fazer isso acontecer sem sacrificar a qualidade?

Você também pode encontrar problemas com suas ferramentas e equipamentos, ou ter problemas com todo o processo pelo qual um projeto está sendo gerenciado. Não importa a origem do problema, você deve ter certeza de que saberá como lidar com ele e será capaz de encontrar as melhores soluções para ele.

7. Humildade

Sim, uma das maiores coisas que impedem o sucesso de qualquer pessoa é o ego. Quando você deixa seu ego governar, você fecha sua mente às opiniões e sugestões de outras pessoas. Você acaba culpando outras pessoas pelos seus erros. Você fecha os ouvidos às críticas, não importa quão sólidas sejam as evidências.

Pessoas humildes levam tudo com calma e aceitariam todos os comentários e sugestões com muito pouca ofensa. Isso significa que eles podem aprender e crescer como designers. Isso também os torna mais fáceis de conviver, uma grande vantagem, especialmente quando se trata de clientes. Os clientes verão a humildade de um designer como um sinal de que é mais fácil trabalhar com ele. No mínimo, é a sua humildade que levaria todos os seus clientes a ouvi-lo mais e dar mais peso às suas opiniões e sugestões.

8. Paciência

Não importa o quão bom você seja no que faz, nem sempre será um cenário perfeito. Haverá clientes com os quais será extremamente difícil lidar. Eles vão pechinchar sem parar e tentar obter o melhor resultado do negócio, não importa o quê. Também haverá clientes que tentarão atrapalhar enquanto você trabalha no projeto. Eles solicitarão edições e demandarão alterações de última hora. Você nem sempre pode permitir que os clientes abusem da sua bondade, mas também não pode arranjar briga com cada cliente difícil. A paciência lhe dá a capacidade de permanecer diplomático, mesmo diante dos personagens mais difíceis.

Paciência também será uma boa coisa quando você trabalhar com outros designers. Quando você faz parte de uma equipe, sempre há uma chance de que todos tenham pontos de vista opostos. É preciso paciência se você quiser parar e ouvir as sugestões de outras pessoas. Também é útil que você seja paciente se outras pessoas estiverem tentando derrubar suas idéias. Sim, você pode se manter firme, mas de uma maneira legal. Não está sendo uma tarefa simples - está mostrando a eles que você pode permanecer profissional, mesmo quando outras pessoas ao seu redor jogaram toda a decência pela janela.

9. Confiabilidade

Ao fazer uma promessa, certifique-se de cumpri-la. É simples assim. Lembre-se de que leva muito tempo para construir uma reputação decente neste campo. Falhe um ou dois clientes uma ou duas vezes e você pode esquecer sua credibilidade em questão de minutos.

É por isso que você deve ter certeza de que é confiável o tempo todo. Se você não puder trabalhar em um projeto, diga ao cliente imediatamente. Se você acha que algo precisa ser mudado, fale. Dizer sim o tempo todo, mas não conseguir entregar no final, fala muito não só sobre você como designer, mas também como pessoa.

10. Adaptabilidade

A indústria do design está em constante crescimento e em constante mudança. Conforme as tendências vêm e vão, as preferências de estilo do seu público também evoluem. Se você não conseguir se adaptar a essas mudanças, também ficará para trás. Um dia, você descobrirá que seus projetos estão tão desatualizados que ninguém mais se importaria em contratar seus serviços.

Certifique-se de estar atualizado com todas as tendências e padrões. Isso permite que você encontre pontos de pressão e aja imediatamente. Você acha que uma abordagem com a qual não está familiarizado assumiu o cenário do design? Esteja pronto para começar a aprender. Existe uma nova ferramenta que ameaça substituir a ferramenta que você dominou ao longo dos anos? Experimente e veja se combina com o seu estilo.

Você pode ser a pessoa mais criativa do mundo. Mas suas ideias não significam nada se você não tiver nenhuma dessas 10 características que listamos aqui. Lembre-se de que o design gráfico não se trata apenas do que suas mãos podem fazer. É também sobre quem você é como pessoa e como você lida com as pessoas ao seu redor. É sobre o quão longe você está disposto a expandir sua mente e seus talentos. É sobre ser capaz de sair da sua zona de conforto, tudo para dominar sua arte. Por último, trata-se de saber o que é certo e errado e defender sua integridade como designer e como ser humano.