5 exemplos de empreendedorismo como solução de problemas

O empreendedorismo, para muitos, pode ser resumido em duas palavras: resolução de problemas. Os empreendedores que conseguem ajudar um número maior de pessoas a resolver problemas específicos tendem a ganhar muito mais dinheiro.

Infelizmente, muitos futuros empreendedores são motivados apenas por dinheiro. Considerando que o dinheiro é a chave, ele não deve ser a única motivação para o empreendedorismo que seria colocar a carroça na frente dos bois.

Os populares Objetivos de Desenvolvimento do Milênio foram uma tentativa bem divulgada pelos governos de resolver oito (8) problemas principais que a humanidade enfrenta até 2015, a saber:



  • Pobreza extrema e fome
  • Baixo nível de alfabetização primária
  • Desigualdade de gênero
  • Má saúde materna
  • HIV / AIDS, malária e outras doenças
  • Pobre sustentabilidade ambiental
  • Alta taxa de mortalidade infantil
  • Fraca parceria global para o desenvolvimento

Os empreendedores de sucesso adotam uma abordagem de solução de problemas semelhante ao buscar ideias de negócios ou iniciar negócios.

De acordo com empresário renomado Richard Branson ,

“Muitas vezes exorto os outros a se concentrarem em como suas ideias de negócios ajudarão os outros”, ele continua, “Se o seu negócio realmente melhorar a vida das pessoas, o sucesso virá”.

você se parece com o meme do seu pai

Nesta postagem, veremos 5 problemas ou áreas problemáticas que os empreendedores transformaram em lucros na última década, mas antes disso

Índice

O que é empreendedorismo?

Empreendedorismo significa coisas diferentes para pessoas diferentes. Para alguns, empreendedorismo é criar / administrar negócios, para outros pode significar ganhar dinheiro, resolver problemas, criar empregos, etc.

Para outros, o empreendedorismo é transformar um negócio de apenas uma ideia em realidade tangível. Aqui alguns empreendedores definem o que é empreendedorismo .

O gráfico abaixo mostra o interesse de pesquisa em empreendedorismo na última década e alguns.

Google Trends of Entrepreneurship

Empreendedorismo Google Trends

Fonte : Tendências do Google

Vários fatores afetam os juros e a participação no empreendedorismo, como capital, empréstimos, taxas de juros, etc.

Os seguintes empreendedores conseguiram transformar problemas em lucro. Aqui vamos nós:

5 empreendedores que transformaram os problemas em lucros nos últimos 10 anos

1. Irene Agbontaen (TTYA)

Irene Agbontaen

Irene é a beleza e o cérebro de 5'11 'por trás da Taller Than Your Average (TTYA), sediada em Londres, especializada em roupas para mulheres mais altas de 5'9' e mais altas; um grupo demográfico anteriormente negligenciado ou insuficientemente atendido.



texto de bom dia para ela sorrir

Devido à sua altura imponente, era uma tarefa difícil para a alta Irene encontrar roupas que servissem, um desafio que muitas outras mulheres altas como ela enfrentavam. Suas roupas sempre ficavam curtas. Irene relata que comprou roupas e teve que consertá-las ou adicionar várias extensões até que se acomodassem e se encaixassem perfeitamente.

citações famosas de ralph waldo emerson

A frustração de ver roupas que ela gostava apenas de descobrir que eram muito curtas a levou a fundar a TTYA em 2013 para a mulher alta e elegante que não conseguia consertar roupas mais curtas como ela.

Ela apareceu na capa da revista Vogue e também defende mulheres altas. De acordo com ela, TTYA não é apenas uma marca, mas um estilo de vida para a mulher mais alta.

2. Barclay Paul (Impact Africa Industries)

Barclay Paul

O dia 28 de maio de cada ano é o Dia da Higiene Menstrual, um dia reservado para conscientizar sobre a higiene menstrual, bem como para chamar a atenção e buscar soluções para os desafios que meninas e mulheres enfrentam durante a menstruação.

Como Nicole Uwase de Ruanda, muitas mulheres em países mais pobres não podem pagar absorventes higiênicos durante a menstruação e, portanto, recorrem a alternativas não higiênicas e inseguras. Nicole acredita que perdeu mais de 500 dias de aula por falta de absorventes.

Em Kitale, Quênia, o empresário Paul fabrica absorventes higiênicos acessíveis e reutilizáveis ​​para combater esse problema, que ele também testemunhou em primeira mão durante seu tempo como voluntário professor em uma escola secundária do governo.

Ele percebeu que a maioria das meninas faltava às aulas durante o período menstrual porque não tinham dinheiro para comprar absorventes. Sua empresa agora fornece absorventes higiênicos renováveis ​​para Uganda e Sudão do Sul, atualmente arrecadando cerca de US $ 300 mil em receita anual.

3. Victoria Alonsoperez (IEETech)

Victoria Alonsoperez

A IEETech é uma empresa social idealizada por Victoria Alonsoperez, uma empresária uruguaia. Ela desenvolveu o Chipsafer, uma plataforma de monitoramento de gado para detecção precoce de riscos para a saúde do gado de forma remota e autônoma.

O Chipsafer usa sensores para coletar dados sobre a saúde do gado, que podem ser traduzidos em informações acionáveis ​​para ajudar os fazendeiros a prevenir um surto ou cuidar melhor de seus animais.

Esta é uma tecnologia inovadora que evita a perda de gado devido a doenças evitáveis, ajudando assim os agricultores a produzir gado mais saudável e ter mais renda.

Além disso, o Chipsafer também ajuda os agricultores a monitorar remotamente seus rebanhos e ver onde estão, o que e como estão quando não há ninguém para monitorá-los fisicamente.

eu te amo ensaio para ela

4. Andrew Foote (Sanivação)

Andrew Foote

Sanivation é outro projeto de empresa social de grande impacto. Co-fundada por Andrew Foote, a Sanivation visa melhorar a dignidade geral, a saúde e o meio ambiente das comunidades em urbanização na África Oriental por meio de serviços de saneamento limpos, seguros e eficientes.

O saneamento é um grande problema em muitas partes do mundo e a África não é exceção. Com o aumento da migração rural-urbana, planejamento regional deficiente, má gestão, conflito, etc., as cidades são levadas ao seu limite e as pessoas são forçadas a viver em condições anti-higiênicas.

A Sanivation instala banheiros baseados em contêineres nas residências gratuitamente e, em seguida, cobra uma pequena taxa de serviço mensal. Os resíduos desses banheiros são transformados em combustível ecológico que as pessoas podem usar em vez de carvão. Este modelo também está sendo introduzido em campos de refugiados. Eles esperam servir 1 milhão de pessoas até 2020.

5. Aisha R. Pandor (SweepSouth)

Aisha R. Pandor (SweepSouth)

meme de feliz aniversário de 50 anos para ela

Aisha é uma empreendedora sul-africana talentosa, ela é a cofundadora e CEO da startup de tecnologia apoiada por risco SweepSouth, uma plataforma online popular para reservar, gerenciar e pagar por serviços domésticos / limpeza doméstica.

Poucas pessoas têm tempo para limpar pessoalmente suas casas ou escritórios todos os dias. Outros preferem que outra pessoa faça seu trabalho “sujo” por uma taxa menor do que manter uma faxineira em tempo integral.

Iniciado em 2014, SweepSouth conecta compradores e vendedores de serviços de limpeza doméstica, criando renda e empregos para muitos trabalhadores desempregados ou subempregados, enquanto ajuda clientes ocupados ou inválidos com suas necessidades de limpeza doméstica a preços acessíveis.

De acordo com o Fórum Econômico Mundial, ”a SweepSouth ganhou o prêmio de pitching SiMODiSA Startup SA e mais tarde se tornou a primeira startup sul-africana a ser aceita no prestigiado acelerador 500 Startups com base no Vale do Silício, em São Francisco.”

Conclusão

Esses empreendedores identificaram problemas e os transformaram em lucros. Quer se tornar um empreendedor ou empreendedor? Em seguida, comece a procurar problemas que você possa resolver.